quarta-feira, 28 de julho de 2010

Missionário em Jacuípe

“Ide pelo mundo inteiro e evangelizai”, foi guiado pelo amor cristão e por estas palavras que 28 missionários das paróquias de Santa Terezinha (Serraria) e Menino Jesus de Praga (Santo Amaro), na manhã de 26 de julho, empunharam suas bíblias, revestiram-se do Espírito e se lançaram em mais uma missão de solidariedade e evangelização; o destino – Jacuípe, município parcialmente atingido pelas recentes e históricas cheias, situado no leste alagoano, zona da mata.

Os 96 km que separam Maceió de Jacuípe acabaram por se tornar talvez a primeira batalha a ser travada pelos missionários – estradas que apresentavam um misto de má conservação e o evidente estrago das fortes chuvas do mês de Julho fizeram de grande parte do percurso uma pequena aventura, marcada pelo compasso lento e saliente dos inúmeros buracos espalhados pelo asfalto. Apesar de tudo, e some-se a isso alguns imprevistos, os missionários mantiveram-se, durante toda a viagem, motivados, atentos e perseverantes, entre as Ave Marias rezadas no Terço Mariano e as orientações repassadas pelo casal de missionários e coordenadores Luciana e Vieira.

O ônibus, que saiu de Maceió em torno de 6:30, chegou à cidade por volta das 10:30; entretanto o verdadeiro destino da missão ainda estava por ser alcançado,mas quanto a isso falaremos mais a frente. Recepcionados na matriz de São Caetano de Thiene, o padroeiro da cidade, os missionários obtiveram os primeiros sinais do amor Cristão, uma acolhida calorosa simbolizada na alegria do jovem pároco da cidade, Padre Marcio e regida pelas frenéticas badaladas do sino da igreja, pelos acordes vibrantes e pelas vozes entusiasmadas do coral da igreja. Após o momento de boas vindas e oração, onde foi dada a benção do Santíssimo, todos se dirigiram ao salão paroquial no qual foi servido um lanche e onde os grupos puderam se organizar para cumprir melhor o objetivo maior que os impulsionava: levar a boa nova aos necessitados.

Divididos em grupos de em média quatro pessoas, dentre missionários de Maceió e missionários de Jacuípe, a missão finalmente chegou ao seu ponto crucial. Sob o sol cortante do meio dia, as casas foram sendo visitadas e a palavra semeada e, embora quisesse muito traduzir ao leitor tudo aquilo que foi vivido nas duas horas e meia que se seguiram a partir daí, duas horas e meia de missão, não conseguiria explicar ao certo o que de fato ocorreu exatamente, e certamente não é essa minha pretensão. Cada casa, cada coração, cada história nos deixou uma lição profunda da grandeza do amor do Pai. Não se trata de um mundo de fantasia onde todos são felizes e a paz reina soberana; não. Em muitos dos lares visitados há degradação, destruição e lágrimas a serem enxugadas; há um povo sofrido e perdido entre queixas, sede de amor e carência. Mas, se há uma coisa a ser dita, é que em nenhum outro momento de nossa viagem, inclusive nas orações, a face de Cristo se fez tão presente quanto nessas breves horas em que percorremos as estreitas ruas de Jacuípe.

Às 3 horas todos se reuniram novamente no salão paroquial, no qual os abençoados acolhedores nos serviram um almoço, muito gostoso que fique registrado. Durante uma hora os missionários puderam descansar, enquanto esperavam novamente a exposição do Santíssimo para adoração e louvor, desta vez ao som de um novo ministério, formado por integrantes do nosso próprio grupo, inspirados pela luz Divina.

Eram mais ou menos 17:30 da tarde quando o ônibus contendo os 28 missionários vindos de Maceió iniciou sua jornada de volta para casa. Apesar do propósito missionário inicial, o propósito da doação, saímos com a certeza em nossos corações de que recebemos muito mais do que doamos. Talvez por isso a volta para casa tenha sido tão entusiasmada, cheia de música e alegria. Era por volta das 21:00 h quando o ônibus trazendo os missionários chegou à paróquia de Santa Terezinha, desembarcando direto para a Santa Missa.

Por Marcel Ribeiro

3 comentários:

  1. Certamente, um dia inesquecível!

    ResponderExcluir
  2. Um Dia de grande alegria e de doação total para com o nosso objetivo, cada familia visitado nessecitada de um palavra de amor ed e conforto..Um dia marcada em nossas vidas....Foi uma benção de Deus!!.....Que Jesus Cristo nos proteja em nossa missão.

    ResponderExcluir
  3. Missão que nos leva a evangelizar e sermos evangelizados pelos testemunhos que escutamos a cada visita....Que a missão continue!

    ResponderExcluir